terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Feliz aniversário, aquário.


Sim, eu repito muito a frase “Eu tinha um namorado”... Eu tinha um namoradinho que uma vez terminou comigo e o Vini me pegou no flagra do choque. Ele entendeu o que estava acontecendo, ele gostava muito daquele menino lá que terminou pelo telefone com a irmã mais velha do Vini. Eu acho que eu tinha 20 anos, o Vini tinha 14. Ele colocou minha cabeça no colo dele e eu chorei bastante, ele não falou nada, ele fez muito cafuné em mim até eu acalmar e saiu do quarto... foi lá na cozinha e socou bastante a parede e eu ouvi do meu quarto, ele voltou, colocou minha cabeça no seu colo de novo, continuou mexendo nos meus cabelos e me disse: “Lili, eu estou aqui”. O Vini é meu irmão.


Uma vez eu estava mostrando uma foto desse garoto que terminou comigo, antes que ele terminasse, para um amiga, e eu repeti para ela várias vezes que ele era mais bonito que na foto. Ela me disse assim que nem sempre a gente consegue captar o tanto que a pessoa é linda por dentro numa imagem que só capta o exterior... bem, nem que o Vini já fosse um modelo profissional e eu uma fotógrafa de captar a alma, eu iria conseguir mesmo. 

O Vini é o irmão lindo da minha vida, o meu aquariano viagem... é o irmão que eu vi crescer dentro da barriga da minha mãe e fui visitar no hospital quando nasceu, o único de cinco... é o meu irmão dos conselhos, meus e dele. É o meu parceiro de cinema cult, de balada mente aberta... é o amor da minha vida que eu mais julguei sempre e o que mais me amou sempre. É o meu irmão de assistir televisão sentado no meu colo me babando inteira de beijo na bochecha, é o meu irmão de esconder atrás do sofá pra dar tchau pro Teletubbies, é o meu irmão filósofo, é o meu irmão de saber que uma coisa ruim aconteceu, me abraçar e só me fazer saber que ele está ali, é o meu irmão que só me chama de Lili, sempre... é o meu irmão.

É o meu irmão que eu vi crescer em todas as instâncias e às vezes esqueço que cresceu, é o meu irmão que eu acho que me pertence, porque eu o pertenço. Parabéns por ser você, é contigo que eu entendi agora porque se dá parabéns, parabéns por ter nascido. Eu te amo.

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014